A menopausa caracteriza-se pela ausência de menstruação durante pelo menos 12 meses. Durante esta fase, a produção de hormonas femininas está reduzida o que leva ao aparecimento de certos sintomas como afrontamentos, suores noturnos, dificuldade em adormecer e manter o sono durante a noite, sensação de cansaço, alterações de humor, nervosismo… etc. No entanto, estes sintomas podem começar a ser sentidos antes do aparecimento da menopausa. Existem também efeitos a longo prazo resultantes deste desequilíbrio biológico, principalmente a nível dos ossos e do sistema cardiovascular. Um sono noturno de qualidade permite restabelecer a energia mental e física, mas alguns sintomas da menopausa, como os suores noturnos e o nervosismo podem provocar alterações do sono e a sensação de se sentir esgotada todo o dia. A prática de exercício físico juntamente com uma dieta variada e equilibrada contribuem para melhorar a qualidade de vida.

Um sono noturno de qualidade permite restabelecer a energia mental e física, mas alguns sintomas da menopausa, como os suores noturnos e o nervosismo podem provocar alterações do sono e a sensação de se sentir esgotada todo o dia.

A prática de exercício físico juntamente com uma dieta variada e equilibrada contribuem para melhorar a qualidade de vida.

O que é FLAVIA nocta?
Flávia Nocta é um suplemento alimentar que associa extrato de soja (40% de isoflavonas de soja), melatonina, vitaminas (ácido fólico, vitamina D, vitaminas B6 e B12), minerais (cálcio e magnésio) e ácido alfa-linolénico. Flávia Nocta foi formulado para satisfazer as necessidades nutricionais da mulher durante a menopausa nas situações em que é necessário suplementar a dieta normal.

Composição
Ingredientes: óleo de linhaça refinado (Linum usitatissimum L.) (45% ácido alfa-linolénico), carbonato de cálcio, agente de revestimento (gelatina), soja (Glycine max L.), óxido de magnésio, humidificantes (glicerina (E-422) e sorbitol (E-420)), emulsionantes (lecitina de soja (E-322)), óleos vegetais, emulsionante (cera amarela de abelha (E-901)), cianocobalamina (vitamina B12), cloridrato de pirixodina (vitamina B6), corante (E-171), melatonina, corante (E-120), colecalciferol (vitamina D), corante (E-172), e ácido pteroilmonoglutâmico (ácido fólico).

Soja: a soja é uma planta que contém naturalmente uma alta concentração de isoflavonas. Estas isoflavonas são hormonas vegetais com uma estrutura muito parecida à das hormonas femininas.

Melatonina: a melatonina é uma hormona produzida pelo nosso corpo. A sua produção aumenta na ausência de luz e é inibida com a presença de luz. Os níveis de melatonina diminuem com a idade. Nas mulheres, este momento coincide com a menopausa.
A melatonina contribui para reduzir o tempo necessário para adormecer. Informa-se que este efeito benéfico é obtido com a ingestão de 1 mg de melatonina pouco antes de se deitar.

Magnésio: o magnésio é um mineral essencial para o correto funcionamento do nosso organismo pois intervém em numerosas funções importantes. O magnésio contribui para a redução do cansaço e da fadiga e contribui para uma normal função psicológica.

Ácido fólico, vitamina B6 e vitamina B12Recomenda-se um aporte regular destas vitaminas que contribuem para o normal metabolismo da homocisteína.
A homocisteína é um aminoácido (uma parte fundamental da proteína) produzida no corpo humano. Níveis elevados de homocisteína no sangue relacionam-se com um maior risco de doenças cardiovasculares. As vitaminas B contribuem também para a redução do cansaço e da fadiga. Por outro lado, a vitamina B6 contribui para a regulação da atividade hormonal.

Cálcio e vitamina D:o cálcio é o mineral mais abundante no corpo humano. Concentra-se quase na totalidade no esqueleto. Na menopausa, as necessidades em cálcio aumentam. O cálcio é necessário para a manutenção dos ossos normais.
A vitamina D pode ser sintetizada na pele por ação dos raios ultravioletas do sol. A vitamina D contribui para a normal absorção e utilização do cálcio e contribui para a manutenção dos ossos normais.

Ácido alfa-linolénico: o ácido alfa-linolénico é um ácido gordo da família dos ÓMEGA-3 e contribui para a manutenção dos níveis normais de colesterol no sangue. Informa-se que o efeito benéfico é obtido com uma dose diária de 2 g deste ácido gordo.

Modo de tomar
Toma diária recomendada: tomar uma cápsula por dia com um copo de água, de preferência à noite um pouco antes de se deitar.

Conselhos de utilização

· Não exceder a dose diária recomendada.

· Não deve ser utilizado como substituto de uma dieta variada e equilibrada e de um estilo de vida saudável.

· Não recomendado em caso de hipersensibilidade ou alergia a qualquer um dos constituintes da formulação.

· Não recomendado na gravidez e amamentação.

· Não recomendado em doentes com história de cancro da mama, ovário ou útero.

· Recomenda-se precaução na toma concomitante com o medicamento Tamoxifeno.

· Manter o suplemento alimentar fora da vista e do alcance das crianças.

· Conservar em lugar fresco e seco.

· Consumir de preferência antes da data indicada na embalagem.

Distribuído por: Laboratórios Effik, Sociedade Unipessoal, Lda.
Estrada Consiglieri Pedroso, nº 123 Queluz de Baixo - 2730-056 Barcarena – PORTUGAL
Fabricado na UE

 

Referências

1. Martinez Pérez JA, Chavida Garcia F, Palacios S, Perez M. Epidemology of risk factors and symptoms associated with menopause in Spanish women. Maturitas. 2009;62(1):30-36.

2. Dennerstein L. et al. A prospective population-based study of menopausal symptoms. Obstet Gynecol. 2000;96(3):351-8.

3. Escames G, Acuña-Castroviejo D. Melatonina, análogos sintéticos y el ritmo sueño/vigilia. Rev Neurol.2009, 48 (5):245-254.

4. Evans M, Elliott JG, Sharma P, Berman R, Guthrie N. The effect of synthetic genistein on menopause symptom management in healthy postmenopausal women: a multi-center, randomized, placebo-controlled study. Maturitas. 2011 ;68(2):189-96.